Desafio: aprender a comer

Este tópico contém 4 respostas, possui 5 vozes e foi atualizado pela última vez por  Andissa Begiato Tatini 5 anos, 3 meses atrás.

  • Autor
    Posts
  • #1655
     Paulo Marcos Faria Maciel 
    Participante

    Olá Renata,

    Também estou no grupo dos magrinhos. Minha briga com a balança é exatamente a oposta ao comum, pois gostaria de ganhar uns quilinhos (por insatisfação / estética / autoestima – 1,80 m e 66 kg é bem incompatível aos nossos padrões). Até ontem, não conseguiria me imaginar sem ingerir diariamente arroz, feijão e pães.
    Acho que a parte da alimentação será o meu maior desafio neste curso, além da mudança ser complicada, a preocupação com possível perda de peso poderá influir para que eu não cumpra adequadamente esta parte. Vai ser a primeira vez que passarei a pensar em alimentação não apenas como fonte de transformação do corpo mas principalmente transformação da mente.

    Espero que a gente amplie nossos conhecimentos e promova debates interessantes a medida que o aprendizado a respeito do tema se intensifique.

    Bom curso a todos

    #1682
     Angelo R. Ribeiro 
    Participante

    Pois é pessoal, esse assunto me fascina muito. 🙂

    Eu ja sou o contrario. Tenho uma facilidade incrível de ganhar peso! Tenho muita sorte de ser fascinado por exercicios físicos e por melhorar minha alimentação, mas sempre que saio da linha engordo muito rápido!

    Meu pai sempre foi atleta (de corrida), mas sempre teve a barriga muito grande (ainda tem) e sempre me disse: “Meu filho, eu sempre fui buchudinho, mas sempre corri bem. Não esquente a cabeça, eu sou você amanha :)”. Admiro por demais meu pai, mas aquela frase não me descia! A partir do momento que deixei de ser passageiro nessa área da minha vida, comecei a ler muito, fazer bastante exercicios, ver diversos tipos de profissional e hoje estou no meu top. Mas ainda há muito a aprender!

    Uma dica interessante que aprendi (o André deve tocar nesse assunto no módulo de saúde) é balancear as proporções! (Além de ver é claro a qualidade da comida. Quanto mais comida de verdade melhor!).

    Mas por exemplo, uma dica legal que peguei que me ajudou muito:
    1-Se voce quiser perder peso com saúde, tente comer 1:1 (proporçao de carboidrato e Proteina); (gordura é bom comer sempre as boas! Não saturadas e nas refeicoes principais, porém tem diversas teorias diferentes sobre gordura, essa parte eu ainda tenho que estudar muito. :)).
    2-Se voce quiser manter o seu peso 2:1 (2 Carboidrato para 1 de Proteina);
    3-Se voce quiser ganhar peso, porem com saúde (3 carboidrato pra 1 de proteina);

    Claro que isso é uma visão bem simplista para quem não faz exercicios. Se voce fizer exercicio isso muda muito, principalmente dependendo do exercicio que voce faz.

    Vamos trocando idéias! Alimentação é bem polêmico e infelizmente muito ligado à indrustria alimenticia e de saúde (farmaceutica), então tem que se ter muito cuidado com os “estudos” que lancám por ai!

    Grande abraço e boa sorte!

    Angelo Ribeiro.

    #1693
     Fabricio Porto 
    Participante

    Esse lance de ler os comentários é sensacional. O amigo Ângelo foi muito oportuno nessa coisa das proporções entre carboidratos e proteínas. Valeu, abraço.

    #1702
     Andissa Begiato Tatini 
    Participante

    Olá Renata!

    Estava vindo criar um post quando dei cara com o seu! Li seu relato e pensei “essa sou eu” com uma diferença: vc disse que poderia comer o seu prato de sempre todos os dias que não enjoaria! Já eu não… assumidamente que digo que não gosto de comer e não é brincadeira! Eu não sinto prazer algum em comer. Água na boca por algo são momentos raros. E isso dificulta a minha alimentação. Como não tenho muita ideia para variar os pratos aqui em casa (uma vez tb que carne está fora do cardápio), olhar aquela mesma “gororoba” todos os dias me deixa mais sem vontade ainda.
    Muitas vezes eu simplesmente não como! Já cheguei a ter muita raiva da comida e sempre disse que se eu pudesse me alimentar de luz, assim eu faria!
    Passei por uma depressão a pouco tempo e este problema agravou é clara. Emagreci muito, chegaram achar que eu estava com algum tipo de distúrbio como anorexia ou bulimia. Chegaram a tentar me convencer de que era, mas o principal sintoma eu não tinha: me olhava no espelho e tinha certeza que eu tava muito magra e que queria engordar… só não sabia como… Não tinha força…!
    Enfim… com certeza esse é meu maior desafio. Não sei o que fazer ou que tipo de ajuda procurar pra melhorar, pq até na terapia não funcionou.

    Boa sorte pra nós, pq a briga vai ser grande!
    Grande abraço!

Visualizando 4 posts - 1 até 4 (de 4 do total)

Você deve fazer login para responder a este tópico.

Academia de Pilotos Mude.nu

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?